Skip to main content

Medicamento devo usar para emagrecer?

Até 2014, os inibidores de apetite eram vendidos apenas com receita médica especial.

A ditadura da magreza muitas vezes leva pessoas a cometerem absurdos em troca da beleza estética.

Muitas vezes, o remédio nem é o mais indicado para dietas emagrecedoras, pois isso provoca alterações no organismo e na estrutura dos órgãos internos que causam inúmeros problemas à saúde.

O corpo humano é uma máquina que requer cuidados, como alimentação, higienização interna e externa e exercícios físicos para se manter em forma e aguentar a demanda do trabalho, cuidados familiares e vida social.

Qualquer medicamento deveria ser utilizado apenas com orientação médica. Uma pesquisa realizada recentemente revelou que mais de 60% da população brasileira se automedica. E a pior constatação é que essa automedicação é feito com remédios que causam dependência.

Muitas vezes, a pessoa recorre aos medicamentos por não estar disposta a uma reeducação alimentar ou frequentar uma academia. O problema maior é que essas mesmas pessoas não sabem que os remédios para emagrecer, além de causar o efeito sanfona ao serem deixados de lado, as que possuem essa informação, continuam tomando o medicamento por um grande período de tempo causando a tão temida dependência citada acima.

Medicamentos para emagrecer



Quando devo usar medicamento?

Os remédios devem ser tomados de forma criteriosa, como indicada pelo médico, principalmente para pacientes portadores de diabetes, colesterol alto, e que sofrem com o IMC (Índice de Massa Corpórea) acima de 30, pois esta já é considerada obesidade grave.

Os pacientes que tomam o medicamento por tempo prolongado podem sofrer com os vários efeitos colaterais. Taquicardia é um dos problemas mais relatados por quem faz uso de remédios anorexígeno.

Quando estamos em busca de um peso ideal, o mais importante é fazer essa busca numa reeducação alimentar aliada a exercícios físicos, pois a pessoa que emagrece sem esses exercícios, pode vir a sofrer de um grande mal da modernidade: o sedentarismo.

Como a ansiedade fala mais alto, as pessoas deixam de fazer o correto e acabam fazendo o errado para obterem resultados mais rapidamente.

Uma pena, pois hoje, informação é dos produtos que existe em maior número para ser realmente consumida.

A evolução tecnológica favoreceu a vida do ser humano em vários sentidos, inclusive o de fazer as coisas de forma errada e insegura. Quando deveria ocorrer exatamente o oposto.

Questão de cultura

Em países mais adiantados, a consciência ecológica é bem mais adiantada do que a de países subdesenvolvidos, não seria diferente com medicamentos.

Portanto, tentamos sempre orientar as pessoas a procurar um médico antes de começar qualquer programa de emagrecimento. Apenas o médico, nutricionista e profissionais do esporte estão habilitados para orientar uma pessoa num processo de dieta para emagrecimento.

O médico sempre orientará o paciente a tomar o medicamento por um período de tempo (até perder o peso necessário), mas também prescreverá uma dieta saudável aliada aos exercícios físicos.

Nota importante: em período algum da gestação, a mulher deve fazer uso de medicamentos para emagrecer. E para qualquer outro tipo de medicamento, deve procurar seu médico.





Marina Alves

Marina Alves

Blogueira Assídua! Ama está em forma e ajudar pessoas a se manterem em forma e a ficar feliz com o seu próprio corpo! Utilizo o Método Magra para Sempre para manter o Corpo Saudável