Skip to main content

Quando devo fazer uma cirurgia bariátrica

A cirurgia bariátrica ou a gastroplastia é a cirurgia que visa a redução do estômago quando o IMC da pessoa está muito acima de 30, que é considerada Obesidade Classe I – Moderada, o IMC que vai de 30 a 34.9 está entre a Classe I e ainda é possível elaborar programas de Reeducação Alimentar combinados a exercícios físicos e uma dura disciplina, pois para uma pessoa que está acima do peso considerado moderado, muitas vezes tem compulsão pela comida, o que é algo difícil de ser tratado.

Além da rotina rígida com a alimentação, exercícios físicos, disciplina, a pessoa muitas vezes precisa de tratamento psiquiátrico e psicológico porque a autoestima é atacada de forma cruel, muitas vezes, a pessoa é vítima do bullying.

O IMC é a unidade de medida que a medicina utiliza para classificar o Índice de Massa Corpórea da pessoa.

Como calcular o IMC

IMC Índice de Massa Corpórea

  • O cálculo do IMC é feito dividindo o peso (em quilogramas) pela altura (em metros) ao quadrado.
  • Por ex.: uma pessoa que pesa 75 quilos com uma alta de 1,90m
  • 1,90 X 1,90 = 3,61

75 quilos / 3,61 = 20,7, quer dizer que o IMC da pessoa está dentro do parâmetro considerado normal. Está bem longe do sobrepeso, que na infância e adolescência já se considera como aumentado. Essa criança ou adolescente, ainda estão fora de risco, pois provavelmente não chegaram à fase do tão conhecido estirão. Porém, já é necessário certo controle sobre sua alimentação e suas atividades diárias. Evitar muito tempo na frente da TV, computador, brincando com tablets, celulares ou vídeo games. O mais saudável é levar essas crianças para brincar no quintal, ou na impossibilidade do quintal, buscar os parques próximos de casa.

Quando o IMC é considerado Obesidade Classe II ou Classe III

Essas medidas já são alarmantes e o mais recomendado é a cirurgia bariátrica, muito embora, na classe II – considerada grave, médicos ainda tentam algumas medidas paliativas e uma bateria de exames para saber índices de glicemia, colesterol, triglicérides, exames cardiovasculares na tentativa de um tratamento multidisciplinar para a diminuição do peso, havendo ainda a possibilidade do grave passar a moderado e, assim entrar com tratamento medicamentoso, além de dietas e exercícios aeróbicos leves.

Além disso, tudo, as recomendações quanto ao tabagismo e excesso de álcool são taxativas.

Os perigos do não tratamento e não abandono dos vícios compulsivos provocarão problemas cardiovasculares, cardiorrespiratórios, diabetes, colesterol alto, além de sérios problemas hepáticos e renais, podendo levar o paciente à óbito.

Se a pessoa conseguir perder muitos quilos (e isso gira em torno de 25 para mais) é possível sair da faixa de risco, porém tendo sempre uma dieta controlada aliada a exercícios físicos, controle de estresse, e muita força de vontade, poderão viver tranquilamente sem a necessidade de cirurgia. O tratamento e a eficiência são difíceis de serem alcançadas, porém, não são impossíveis.

Quando fazer a cirurgia bariátrica é inevitável e urgente

É considerada Obesidade Classe IIIMuito grave, ou seja, obesidade mórbida, quando o IMC atinge um resultado de 40kg/m2 e apresenta consequências mórbidas orgânicas ou psicossociais. A OMS, já considera IMC de 35Kg/m2 como obesidade mórbida e considera que a cirurgia já deve ser feita o quanto antes.





Marina Alves

Marina Alves

Blogueira Assídua! Ama está em forma e ajudar pessoas a se manterem em forma e a ficar feliz com o seu próprio corpo! Utilizo o método do Emagrecer de Vez para manter o corpo saudável